Dicas – Meu Vidro Quebrou, e Agora?


Imagine a seguinte situação: você estaciona o carro e vai fazer compras no supermercado e quando volta ao estacionamento encontra o pára-brisa trincado. Para muita gente, a primeira ideia que surge é procurar um culpado. Entretanto, o que essas pessoas não sabem é que as causas da avaria podem ser muitas. Além do vandalismo de terceiros e colisões, o modo de dirigir, os efeitos causados pela variação térmica do calor e da chuva e, acredite, até o ar-condicionado podem ser candidatos à vilão da história.

Meu vidro quebrou. E agora?

Em primeiro lugar, proteja o local colando com um adesivo ou, até mesmo, uma fita crepe. “Isso ajudará a manter o local limpo e sem umidade, evitando que a trinca ou rachadura aumente de tamanho. Além disso, para que seja possível a reparação, a área danificada não pode ter sido contaminada por impurezas”. A recuperação de pára-brisas é utilizada no conserto de vidros laminados que sofreram pequenos danos como, trincas e rachaduras. Recuperamos somente trincas estrelas do tamanho máximo de uma moeda de um real e trincas longas(rachaduras) até 20 centímetros. Os reparos só são possíveis em caso de dano exclusivo à lâmina externa do vidro do pára-brisa.

O processo de recuperação de pára-brisas foi desenvolvido para evitar a troca do vidro diminuindo gastos e mantendo a segurança e originalidade do veículo. Após completo, o conserto proporciona uma forte solda que previne a expansão da trinca e melhora de 70 a 95% a visibilidade do vidro. O vidro do seu carro pode ser reparado em caso de pequenos danos, dentro das normas oficiais de segurança. O processo de recuperação de pára-brisas foi desenvolvido para evitar gastos financeiros com a troca do pára-brisa.

O concerto consiste na recuperação de trincas (estrelas, olho de boi e mistas), proporcionando uma forte solda que previne a expansão da trinca e melhora consideravelmente a estética em até 95%. O sistema utilizado é um método americano que, após retirar todo o ar de dentro da trinca por vácuo, injeta sobe pressão, uma resina especial que preenche todos os espaços e cria uma solda permanente.

Importante: a área danificada não pode ter sido contaminada por impurezas.


Outras Notícias

Dicas – Meu Vidro Quebrou, e Agora?

Saiba o que fazer caso seu vidro quebre.

Dúvidas Frequentes

Tire aqui suas dúvidas sobre pára-brisas!

Regras sobre Pára-brisa

Saiba um pouco mais sobre as leis em vigor referentes a pára-brisas.